Bigindicator

Artoons

Event  |  Reviews  |  Comments
20140320221917-artoons2
© Courtesy of the artist & The Casa Daros Rio
Artoons

Rua General Severiano, 159 Botafogo
RJ 22290 040 Rio de Janeiro
Brazil
November 30th, 2013 - March 30th, 2014

QUICK FACTS
WEBSITE:  
http://www.casadaros.net
COUNTRY:  
Brazil
EMAIL:  
rio@casadaros.net
PHONE:  
+55 21 2275 0246
OPEN HOURS:  
Wednesday to Saturday – 12 p.m. to 8 p.m. Sundays and holidays – 12 p.m. to 6 p.m.
TAGS:  
drawing

DESCRIPTION

A partir de 30 de novembro, o público confere, em espaços de circulação internos e externos da Casa Daros, a exposição Artoons. A mostra reúne cartoons sobre o mundo da arte e o desenho animado As aventuras de Olmeco Beuys, do artista mexicano que vive em Nova York Pablo Helguera. A curadoria é do diretor de arte e educação do espaço cultural, Eugenio Valdés Figueroa.

A exposição conta com 40 artoons de Helguera espalhados por espaços de circulação da Casa Daros, nos quais o público pode ler frases humoradas sobre o mundo das artes. O desenho animado As aventuras de Olmeco Beuys também brinca com as idiossincrasias do sistema artístico quando mostra o personagem principal – cujo nome é um mix entre a era pré-colombiana e a arte contemporânea –  em situações que beiram o absurdo.


O curador ressalta a proximidade entre a crítica do mundo da arte através do humor de Pablo Helguera e a proposta do livro HistorietaPequena história em quadrinhos que questiona a face oculta da arte, do artista e de seu contexto social, de Julio Le Parc, cuja primeira edição é de 1978. “Em Historieta há um olhar humorístico e irônico sobre o papel e o lugar do artista no circuito da arte. Há uma irreverência contra-institucional por parte de Le Parc que também encontramos em Helguera”, explica Eugenio Valdés Figueroa.


Pablo Helguera tem uma vasta trajetória artística para além do desenho, incluindo instalação, escultura, fotografia, performance e arte socialmente engajada. O artista circula por diferentes campos como história, pedagogia, sociolinguística, etnografia, memória e absurdo. Seu trabalho como artista está em profundo diálogo e relação com seu trabalho como educador. Atualmente, é diretor dos programas de adulto e acadêmico no Museu de Arte Moderna de Nova York. Já foi curador pedagógico da Bienal do Mercosul, em 2010, e responsável pelos programas públicos no departamento de educação do Museu Guggenheim de Nova York.


O artista já fez performance e expôs em diferentes instituições como Museu de Arte Reina Sofia, Madri; ICA, Boston; RCA, Londres; 8ª Bienal de Havana, PERFORMA 05, Havana; MoMA P.S.1, Nova York; Tokyo Metropolitan Art Museum, Tóquio; Malba, Buenos Aires; Ex-Teresa Espaço Alternativo, Cidade do México,  entre outros.

ArtSlant has shutdown. The website is currently running in a view-only mode to allow archiving of the content.

The website will be permanently closed shortly, so please retrieve any content you wish to save.