STREET now open! Chicago | Los Angeles | Miami | New York | San Francisco | Santa Fe
Amsterdam | Berlin | Brussels | London | Paris | São Paulo | Toronto | China | India | Worldwide
 
Worldwide

Centro de Arte Contemporânea Graça Morais

Exhibition Detail
PINTURA INTERROGADA
Rua Abílio Beça, 105
5300-011 Bragança
Portugal


January 14th, 2012 - March 31st, 2012
Opening: 
January 14th, 2012 10:00 AM - 6:30 PM
 
, Luis GordilloLuis Gordillo
© Courtesy of the artist & Centro de Arte Contemporânea Graça Morais
> QUICK FACTS
WEBSITE:  
http://centroartegracamorais.cm-braganca...
COUNTRY:  
Portugal
EMAIL:  
centro.arte@cm-braganca.pt
PHONE:  
+351 273 302 410
OPEN HOURS:  
Tuesday to Sunday from 10h00 am to 12h30 and from 2h00pm to 6h30 pm
> DESCRIPTION

uís Gordillo (Sevilha, 1934) é uma das principais figuras da arte abstrata em Espanha. O seu já longo percurso artístico, marcado por uma continua experimentação e procura de novas técnicas, novos meios de produção e novos horizontes plásticos, levou-o a desenvolver universos, narrativas e simbolismos tão ricos e complexos e uma cada vez maior abstração, onde universos paralelos coexistem em cartografias mentais e invulgares imagens caleidoscópicas.

Ao longo da sua carreira, Luís Gordillo recebeu inúmeros prémios e a sua obra integra as mais reconhecidas coleções públicas de Arte Contemporânea. A presente exposição integra a primeira itinerância do artista em Portugal, tendo sido a este propósito editado um catálogo bilingue, com textos de Bernardo Pinto de Almeida e David Barro.

 

A pintura de Gordillo deve mais às expressões da cultura urbana do que às grandes tradições da história da arte. (…) Das forças impressivas do grafitti e a street art, que vorazmente apropria; da elementaridade do desenho, à complexidade dinâmica dos movimentos e dos fluxos da circulação urbana aos elementos visuais dos neons, dos dísticos, das sinalizações, a obra de Gordillo multiplica alusões, sugestões, cores e formas que a relacionam no plano dos processos com a velocidade da vida nas metrópoles.

Bernardo Pinto de Almeida

 

A pintura de Luís Gordillo funciona, cada vez mais, como um labirinto. A imagem e o seu duplo fluem pronunciando-se através de jogos exagerados, de ordens desordenadas. Luís Gordillo, nos anos oitenta, como hoje, já é para sempre um equilibrista das formas que opera a partir do humor, até que a pintura reverbere.

David Barro

 


Copyright © 2006-2013 by ArtSlant, Inc. All images and content remain the © of their rightful owners.